Iniciação Científica e Tecnológica

O Programa de Iniciação Científica e de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação atende alunos dos cursos de graduação desde 1983. O objetivo do Programa é promover a cultura científica e tecnológica dos estudantes de graduação, mediante o desenvolvimento de projeto de pesquisa sob orientação.

Visando estimular o desenvolvimento pessoal, profissional e o pensamento crítico, o aluno é orientado por um pesquisador experiente e atuante em sua respectiva área do conhecimento, sob as condições criadas pelo confronto direto com os problemas práticos da pesquisa.

Os alunos interessados em realizar um estágio de Iniciação Científica podem identificar um orientador no sistema disponível na intranet da FMUSP.

O estágio na FMUSP é aberto a alunos de graduação de outras unidades da USP ou mesmo de outras instituições.

Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC e PIBITI

A Pró-Reitoria de Pesquisa administra o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do CNPq (PIBIC e PIBITI). A inscrição é feita pelo sistema ATENA, a cada ano. O interessado pode também pleitear bolsas de Iniciação Científica na FAPESP ou em outras instituições de apoio e fomento.

A inscrição para iniciação científica voluntária (sem bolsa PIBIC e PIBITI) é feita no mesmo período do PIBIC.

Alunos que têm bolsa de Iniciação Científica da FAPESP podem apresentar seu trabalho no Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP), que acontece no mês de setembro.

O Programa de Iniciação Científica (IC) da FMUSP está bem estruturado há alguns anos. Após aulas introdutórias em disciplina do currículo nuclear denominada Introdução à Pesquisa Científica, os alunos têm oportunidade de desenvolver projeto como disciplina optativa. Algumas alterações estão em implementação, na tentativa de aumentar o contato dos alunos com a pesquisa. Há uma disciplina Fundamentos da Pesquisa Científica em Medicina, agregando as antigas disciplinas Métodos quantitativos, Epidemiologia e Projeto de Pesquisa. Pretende-se que os alunos adquiram as bases da pesquisa enquanto formulam um projeto.

Nesta ocasião serão apresentados os grupos de pesquisa abertos à IC.

Docentes da USP são responsáveis por cerca de 90% das orientações, embora Professores Colaboradores HC-FMUSP e pós-doutorandos também cumpram tal atividade.

A FMUSP conta com um programa internacional de IC, pautado em uma parceria com a Harvard University. Nesse programa, vários alunos de graduação realizam suas atividades de IC em laboratórios e sob a orientação de pesquisadores daquela universidade.

Os alunos de IC são estimulados a apresentar seus trabalhos em congressos e concorrer a prêmios em eventos científicos/acadêmicos, como o COMU (Congresso Médico Universitário da FMUSP), anual; ISCOMS (International Student Congress of (bio)Medical Sciences), que acontece anualmente na Universidade de Groningen, Holanda; Prêmio Professores Eméritos da FMUSP, que premia o melhor trabalho publicado por aluno de iniciação científica; e Prêmio Odete de Fátima Durigon, conferido ao melhor trabalho do curso de Fisioterapia.


Informações importantes para bolsistas PIBIC e PIBIT e voluntários

  • Relatório parcial - submeter on-line via sistema Atena até: 31/01/2019;
  • Relatório final - submeter on-line via sistema Atena: 31/07/2019 a 15/08/2019;
  • O bolsista que não apresentar o Relatório parcial/ final no prazo estabelecido terá sua bolsa suspensa até a entrega e aprovação do mesmo.

Substituição de Bolsistas

  • Será permitida apenas uma substituição de bolsista por projeto, durante os seis primeiros meses de vigência da bolsa;
  • Poderão ser considerados mais de um pedido de substituição dentro dos seis primeiros meses de vigência da bolsa apenas nos casos de licença saúde, licença maternidade ou de falecimento;
  • Caso a substituição não seja possível nos termos dos itens I e II acima, o projeto será cancelado e a bolsa redirecionada;
  • O bolsista substituído deverá apresentar à Comissão de Pesquisa relatório das atividades realizadas até a substituição. Se o relatório não for apresentado ou aprovado pela Comissão de Pesquisa, os valores recebidos deverão ser devolvidos ao CNPq;
  • O estudante substituto deverá ter desempenho acadêmico equivalente ou superior ao do bolsista anterior.

Cancelamento

O bolsista deverá apresentar relatório à Comissão de Pesquisa com as atividades desenvolvidas até o cancelamento + carta do orientador justificando o cancelamento (assinado). Se o relatório não for apresentado ou não for aprovado de Comissão de Pesquisa, os valores recebidos deverão ser devolvidos ao CNPq.

Maiores informações:
Celsa Verônica
55 11 3061 7676 |  cpqfmusp@usp.br