Notícias


Na Cerimônia do Avental de 2018, realizada no dia 18 de abril no teatro da FMUSP, os calouros da 106ª turma de medicina foram recepcionados com música e poema para inspirar a entrada no Programa de Mentoria, que organiza esse tradicional rito de passagem.

Inspirada na White Coat Cerimony, realizada nas escolas médicas americanas no momento em que o aluno passa para o Internato, a Cerimônia do Avental na FMUSP é dirigida aos calouros por dois motivos: “Os alunos brasileiros entram mais precocemente em contato com os pacientes e o avental faz parte do seu dia a dia em várias atividades. Além disso, a ideia é que o mentor seja a pessoa a "vestir" o aluno com esse símbolo da medicina, que é o avental ou jaleco branco”, explica a professora Patrícia Bellodi, coordenadora do Programa de Mentoria.

Criada como programa na FMUSP em 2001 com o nome de Tutoria, a atividade recebeu em 2018 o nome original Mentoria (do inglês, mentoring), já que a relação deriva do personagem Mentor, de A Odisséia de Homero. “Era o personagem que guiava, orientava e cuidava do filho de Ulisses enquanto ele estava na Guerra de Tróia”, conta a coordenadora.

A questão do tempo que passa acelerado e a importância de internalizar e marcar momentos importantes foi pontuada pela professora Bellodi, com a leitura do poema The Mushroom Hunters (Caçadoras de cogumelos), do escritor britânico Neil Gaiman, que trata da aventura de homens e mulheres na vida, na ciência e na busca pela compreensão do universo.

Alunos do Recital dos Estudantes de Medicina da USP (REMUSP) apresentaram a música The Logical Song, da banda Super Tramp.  O Mentor Orador da cerimônia foi o professor Luiz Bertolotto e o residente Raif Restivo Simão deu um depoimento sobre sua experiência no programa. “Nas reuniões mensais da Mentoria, recebi palavras de acolhimento que foram pilares do meu crescimento pessoal dentro da faculdade”, comentou.