Notícias

Em visita ao Brasil, o presidente do Technion Instituto de Tecnologia de Israel, Peretz Lavie, esteve em reuniões no Hospital das Clínicas e na Faculdade de Medicina no dia 11 de fevereiro para o estabelecimento de parcerias nas áreas de tecnologia e medicina. Na Sala da Congregação, apresentou algumas diretrizes de inovação e gestão do conhecimento aplicadas pelo Technion, considerado uma das melhores escolas de formação, pesquisa, ciência e tecnologia do mundo. Trata-se da primeira universidade de Israel, fundada em 1912, responsável por formar 70% dos gestores de indústrias de alta tecnologia de Israel e fundadores de empresas com grande peso no índice NASDAQ da Bolsa de Nova York.

O professor Lavie, um dos pioneiros na área de medicina do sono, fundador do Laboratório de Pesquisa do Sono e do Centro de Medicina do Sono do Technion, veio a convite do professor Geraldo Lorenzi, diretor do Laboratório do Sono da Disciplina de Pneumologia do InCor-HC-FMUSP. No Incor, Lavie ministrou a palestra History of Sleep Apnea.

Na Sala da Congregação, dirigentes de áreas mostraram como é feita a gestão da inovação no complexo das Clínicas. Após a abertura da sessão pelo diretor da FMUSP, professor Tarcísio Eloy Pessoa de Barros, o professor Giovanni Guido Cerri ministrou a palestra Inovação no HCFMUSP e FMUSP. O professor Fabio Jatene apresentou o InovaIncor e a professora Marina Caldeira, o programa de Inovação da FMUSP.

“O interesse maior da FMUSP nesse momento é buscar uma futura colaboração na área de gestão da inovação. O Technion tem grande força na ligação entre tecnologia, ciência básica e o ensino do empreendedorismo. Todas as tecnologias que desenvolvemos aqui precisam chegar com mais rapidez e maior impacto no mercado”, afirma a professora Marina Caldeira, gerente de Pesquisa e Inovação da FMUSP.

“Num mundo globalizado, precisamos da colaboração entre os países e certamente queremos ter o Brasil como parceiro. Junto à USP, buscamos parcerias especialmente na área de engenharia aeroespacial. Buscaremos identificar interesses em comum com a Faculdade de Medicina da USP e já posso adiantar que Telemedicina e medicina de precisão são alguns dos nossos focos no momento”, disse o presidente da Technion.

Peretz Lavie deve participar de outras reuniões na USP e amanhã, dia 13 de fevereiro, apresenta no Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP a conferência The Role of Universities in Transforming Societies: The Technion Story. O evento acontece das 11h às 13h, na sala Alfredo Bosi, à rua da Praça do Relógio, 109, térreo, Cidade Universitária, Butantã, São Paulo, e terá transmissão ao vivo pelo link http://www.iea.usp.br/aovivo