COVID-19

COVID-19

Atenção: Resultado chamada de Submissão de Propostas n. 01/2020 - Pesquisas em Covid-19 Sistema FMUSP-HC

Resultado: Chamada de Submissão de Propostas nº 01/2020 - Pesquisas em Covid-19 Sistema FMUSP-HC

EDITAL DE SELEÇÃO EMERGENCIAL - EDITAL CAPES Nº 9/2020 

"PREVENÇÃO E COMBATE A SURTOS, ENDEMIAS, EPIDEMIAS E PANDEMIAS" 

RESULTADO PRELIMINAR

Chamada MCTIC/CNPq/FNDCT/MS/SCTIE/Decit Nº07/2020

Pesquisas para enfrentamento da COVID-19, suas consequências e outras síndromes respiratórias agudas graves.

RESULTADO PRELIMINAR

Atividades de pesquisa e inovação que estão sendo conduzidas na Faculdade de Medicina face à pandemia do Covid 19.

  • Governança

    A Faculdade está na linha de frente no enfrentamento da pandemia. Os professores das áreas de medicina preventiva e infectologia ocupam postos chaves. O Prof. Paulo Rossi dirige o Centro de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde. O Prof Esper Kallas é membro do Centro de Contingência de Coronavírus da Secretaria e coordena o Grupo de Trabalho -USP COVID-19, criado para sistematizar as diversas ações e pesquisas desenvolvidas pela USP.

    Outros membros do grupo são a Profa. Anna Sara Levin, e a Profa. Ester Cerdeira Sabino, diretora do Instituto de Medicina Tropical. Esse Instituto, que assume o protagonismo na epidemia, foi recentemente reincorporado à FMUSP.

  • Assistência hospitalar

    Os docentes da faculdade dirigem todos os serviços assistenciais do Hospital das Clínicas e são responsáveis pela governança da instituição. Foi montado um comitê de crise que define toda a estratégia do Hospital e centraliza as decisões.

    O hospital tem 75 anos e, pela primeira vez na história, dedica os 900 leitos do seu Instituto Central para o atendimento aos casos de coronavírus, o que exigiu uma enorme operação logística, com a transferência de pacientes e de serviços. A obstetrícia, por exemplo, foi transferida para o Hospital Universitário. Grande parte de outras atividades, como as consultas ambulatoriais e cirurgias eletivas, está suspensa.

    Todos os profissionais participam: estudantes, residentes, médicos e docentes de todas as áreas estão envolvidas na resposta à epidemia, independentemente da sua especialidade

  • Controle infecção

    O controle de infecção hospitalar com essa nova moléstia fica sob a orientação da Profa. Ana Sara Levin, responsável pela Comissão de Controle de Infecção. Ela coordena o estabelecimento de protocolos de manejo dos pacientes, a higienização e os treinamentos para se evitar o contágio, envolvendo proteção dos profissionais de saúde, treinamento quanto ao uso correto de equipamentos de proteção individual (EPI).

    Um exemplo de pesquisa nessa área é o teste em pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 de máscaras de respiração descartáveis com aplicação de agente potencialmente virucida. A pesquisa envolve pesquisadores da FMUSP, do Instituto de Química e do Instituto de Ciências Biomédicas.
  • Pneumologia

    Especialidade fundamental no tratamento do COVID-19, a disciplina de pneumologia da FMUSP, liderada pelos Profs. Carlos Carvalho e Marcelo Amato, vem empregando sua expertise de nível mundial para desenvolver protocolos específicos de tratamento e dar treinamento a todos os intensivistas do Estado. As aulas e protocolos estão disponíveis no site do Hospital das Clínicas, em sua Escola de Educação Permanente.

    Também já está disponível um serviço de discussão de casos em tempo real, implantado com tecnologia desenvolvida pela área de inovação do Instituto do Coração.

    Marcelo Amato, em conjunto com pesquisadores da POLI, desenvolveu uma tecnologia pioneira, a Tomografia de Impedância Elétrica para avaliação pulmonar no leito. Esse equipamento é fundamental no tratamento de pacientes graves, e evita seu deslocamento para exames de tomografia, além de fornecer dados em tempo real. Esse equipamento é comercializado mundialmente pela empresa Timpel, que nasceu na USP, recebeu financiamento do PIPE Fapesp e depois da Finep e foi incubada no CIETEC.

    Lembrando que a Medicina também oferece os cursos de fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia. O Prof. Celso Ricardo Carvalho está liderando o treinamento das equipes de fisioterapia que estão atuando nas UTIs e no tratamento dos pacientes de menor gravidade.

  • Ventiladores

    A Faculdade de Medicina está colaborando com os pesquisadores da Escola Politécnica Marcelo Knorich Zuffo e Raul Gonzalez Lima no desenvolvimento e testes do ventilador pulmonar aberto de baixo custo, INSPIRE. Os docentes da FMUSP auxiliaram na definição dos requisitos mínimos do produto e nos testes com animais e com seres humanos, estes sob coordenação do Prof. Jose Otavio Auler Jr, da disciplina de Anestesiologia. Mais informações em https://www.poli.usp.br/inspire

  • Diagnóstico

    Com relação ao diagnóstico e caracterização do vírus, a Profa. Ester Sabino apresentou em 48 horas o sequenciamento daquele que foi considerado o primeiro caso no país (assista aqui o webinar em que a pesquisadora apresenta suas pesquisas sobre o vírus). Ela continua liderando esse trabalho de pesquisa juntamente com os pesquisadores do Adolfo Lutz. E essa pronta resposta não ocorreu por acaso. O grupo liderado pela Profa. Ester trouxe para o Brasil uma tecnologia desenvolvida pela Universidade de Oxford, testada durante a epidemia de Ebola, na África, que emprega um sequenciador de baixo custo. Com financiamento da Fapesp, a tecnologia já estava sendo utilizada na epidemia de dengue que está em curso.

    As Profas. Ester, Cassia Mendes Correa e Thelma Okay e a pesquisadora Tania Tozetto-Mendoza estão desenvolvendo  testes sorológicos. Pretendem disponibilizar, o mais rapidamente possível, testes sorológicos (ELISA e IFI) voltados ao diagnóstico da Covid 19, uma vez que os testes de PCR, embora muito sensíveis e específicos, não poderão ser realizados na escala esperada em uma epidemia.

    Uma segunda pesquisa com testes sorológicos utiliza uma abordagem diferente e está sendo conduzida por uma Startup que obteve financiamento do PIPE Fapesp e contará com a consultoria da Profa. Ester Sabino. 

    Outro estudo propõe a investigação da excreção viral em diferentes materiais biológicos. Pretende-se investigar a presença do SARS-CoV-2 em saliva, urina, sangue e fezes, durante a fase aguda e de convalescença da infecção.

    No departamento de Moléstias Infecciosas o Prof. José Angelo Lindoso criou um protocolo de pesquisa para buscar uma técnica menos invasiva para obtenção de material biológico que gere menos aerosol, com maior segurança para o profissional de saúde.

    Com relação aos diagnósticos da doença, o vice-diretor da FMUSP, o Prof. Roger Chammas, juntamente com o diretor do Instituto de Ciências Biomédicas, coordena a Rede Colaborativa de Diagnóstico de Covid 19, um grupo de laboratórios de pesquisa da USP que está apoiando o Instituto Adolfo Lutz na realização dos exames diagnósticos por PCR.

  • Patologia

    Para entender a doença, um outro grupo tem papel fundamental: o dos patologistas. São liderados pelos Profs. Paulo Saldiva e Luis Fernando Ferraz da Silva, este também diretor do Serviço de Verificação de Óbitos da Capital, um órgão ligado à Reitoria da USP, mas orientado pelos professores da patologia da FMUSP.

    Sob a liderança desses professores e da Profa. Mariza Dolnikoff está sendo conduzida uma pesquisa com autópsia minimamente invasiva dos casos de morte por coronavírus. Por segurança, as autópsias tradicionais não podem ser realizadas em pacientes que morrem por coronavírus ou em qualquer suspeito, motivo pelo qual foram suspensas. Assim, os patologistas utilizam essa técnica, que foi validada em nosso meio pelas pesquisas do grupo.

    Na Autópsia minimamente invasiva são feitas biópsias de diferentes órgãos guiadas por ultrassonografia.  Com essa pesquisa será melhor compreendida a fisiopatologia da COVID-19, suas principais alterações morfológicas e correlação dos achados histológicos e moleculares com exames de imagem post-mortem e dados clínicos dos pacientes.

    Os primeiros achados já foram apresentados aos médicos em reunião promovida pelo Conselho Regional de Medicina e que está disponível no youtube do CREMESP.

    A Faculdade de Medicina abriga um projeto denominado Plataforma de Imagens na Sala de Autópsia, o PISA. São equipamentos de imagem de alta precisão, entre eles uma Ressonância Magnética de 7 tesla, instalados ao lado da sala de autópsia. Esse arranjo, único no mundo, permite a realização de pesquisas durante epidemias, como ocorreu recentemente no caso da Febre amarela e da zika.

  • Autópsia

    Para entender a doença, um outro grupo tem papel fundamental: o dos patologistas. São liderados pelos Profs. Paulo Saldiva e Luis Fernando Ferraz da Silva, este também diretor do Serviço de Verificação de Óbitos da Capital, um órgão ligado à Reitoria da USP, mas orientado pelos professores da patologia da FMUSP.

    Sob a liderança desses professores e da Profa. Mariza Dolnikoff está sendo conduzida uma pesquisa com autópsia minimamente invasiva dos casos de morte por coronavírus. Por segurança, as autópsias tradicionais não podem ser realizadas em pacientes que morrem por coronavírus ou em qualquer suspeito, motivo pelo qual foram suspensas. Assim, os patologistas utilizam essa técnica, que foi validada em nosso meio pelas pesquisas do grupo.

    Na Autópsia minimamente invasiva são feitas biópsias de diferentes órgãos guiadas por ultrassonografia.  Com essa pesquisa será melhor compreendida a fisiopatologia da COVID-19, suas principais alterações morfológicas e correlação dos achados histológicos e moleculares com exames de imagem post-mortem e dados clínicos dos pacientes.

    Os primeiros achados já foram apresentados aos médicos em reunião promovida pelo Conselho Regional de Medicina e que está disponível no youtube do CREMESP. O número de casos da pesquisa já ultrapassa 30. Os tecidos coletados serão armazenados em um banco de tecidos e ficarão à disposição de outros pesquisadores.

    A Faculdade de Medicina abriga um projeto denominado Plataforma de Imagens na Sala de Autópsia, o PISA. São equipamentos de imagem de alta precisão, entre eles uma Ressonância Magnética de 7 tesla, instalados ao lado da sala de autópsia. Esse arranjo, único no mundo, permite a realização de pesquisas durante epidemias, como ocorreu recentemente no caso da Febre amarela e da zika.

  • Diagnóstico por Imagem

    Para a fase de tratamento, um grupo de radiologistas, liderado pela Profa. Claudia Leite, está realizando uma pesquisa que visa a constituir um banco de imagens de radiografia convencional e Tomografia computadorizada de diversas instituições brasileiras e aplicar uma análise de inteligência artificial nesse banco a fim de melhorar o diagnóstico pelo COVID-19.

    Pretende-se estratificar o risco dos pacientes para insuficiência respiratória. Além disso, pretendem validar ferramentas já prontas disponíveis no mercado e estabelecer um algoritmo que permita o diagnóstico de covid-19 através de exames tomográficos dos pulmões.

  • Tratamento

    Os professores da FMUSP estão participando de um protocolo de pesquisa multicêntrico para avaliar o possível papel da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19

    Sob a coordenação do Prof. Heraldo Possolo estão sendo feitos dois estudos em pacientes com a síndrome respiratória aguda atendidos no Serviço de Emergência do HCFMUSP: um ensaio clínico usando N-acetilcisteína para o tratamento da síndrome e o estabelecimento de uma coorte procurando marcadores séricos e/ou ultrassonográficos capazes de predizer a evolução da Síndrome.

    Outro estudo é o da prevalência de Coronavírus COVID-19 na população de doadores de sangue da Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo e desenvolvimento de Imunoterapia passiva através da transfusão de plasma de indivíduos convalescentes em pacientes com doença aguda grave. Esse estudo envolve dois hospitais privados da capital e hemocentros do interior e outros estados.                     

    A pesquisa coordenada pela Dra. Elnara Negri, e com a participação de docentes da disciplina de Hematologia, apontou que a terapia com anticoagulantes melhora a hipoxemia dos pacientes com Covid-19 e sugeriu que o tratamento poderia ser introduzido nos protocolos de tratamento da doença. O trabalho foi comentado pela revista Science.

  • Vacina

    No campo da prevenção, o Prof. Jorge Kalil está liderando a busca por uma vacina contra o Covid-19. O Prof. Kalil coordena o INCT (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia) em Imunologia. Um vídeo detalhado sobre o desenvolvimento sobre a vacina também está disponível no Youtube.

  • A vida com a epidemia

    Outras pesquisas que já estavam em andamento foram adaptadas para as mudanças provocadas pela pandemia.

    Um inquérito sobre depressão em idosos foi adaptado pela Profa. Marcia Scazufca para contemplar o impacto do Covid, O objetivo é entender como a epidemia e o isolamento social impactaram a saúde mental e física de idosos.

    Uma equipe coordenada pelo Prof. Orestes Forlenza busca monitorar o estado de saúde mental dos pacientes ambulatoriais diante da crise desencadeada pela pandemia Covid-19 bem como do isolamento em domicílio.

    A população-alvo desta iniciativa são os pacientes idosos com transtornos mentais, tais como demências, transtorno bipolar e Depressão Geriátrica. A equipe busca se antecipar diante da possibilidade de recaídas clínicas, entre outros.

    O Grupo de Pesquisa em Fisiologia Aplicada & Nutrição, trabalha em duas frentes durante a crise: 1) produção de artigos de revisão sobre o potencial impacto do isolamento provocada pela pandemia sobre a inatividade física e suas repercussões sobre a saúde de populações; e 2) elaboração de cartilhas, textos e vídeos sobre promoção de estilo de vida saudável (alimentação, atividade física, etc), divulgados no canal Ciência inForma, de autoria dos coordenadores do Grupo de Fisiologia, e na mídia em geral, incluindo o Jornal da USP.

    O CEDEM – Centro de Desenvolvimento de Educação Médica da FMUSP está colhendo as opiniões dos estudantes de medicina sobre seu papel na pandemia do COVID-19. O estudo terá abrangência nacional e internacional, com aplicação de questionário em versão eletrônica. Os questionários têm versões em português, inglês, espanhol e italiano. O questionário foi disponibilizado por meio eletrônico no aplicativo Google Formulário e encaminhado aos alunos de diversos cursos de medicina brasileiros e de outros países a partir das redes sociais de entidades estudantis, médicas e educacionais. Já foram coletadas  mais de 10.000 respostas em 48 horas e os resultados já foram encaminhados  para publicação.

  • Treinamento

    O Centro de Desenvolvimento de Educação Médica organizou e disponibilizou  o Curso COVID -19: Atualização e evidências para profissionais da saúde. Destina-se aos profissionais da saúde que atuam nos diferentes níveis de cuidado e especialidades, e aos estudantes da área da saúde. É um curso autoinstrucional, online, gratuito, que contará com uma sessão de artigos científicos e novidades validados pelos autores do curso. Este curso está disponível no site da  Escola de Educação Permanente do HCFMUSP. https://coronavirus.eephcfmusp.org.br/.

  • Epidemiologia,

    Em um trabalho conjunto com pesquisadores do Fleury, da Unifesp, e do Ibope e com patrocínio do Instituto Semeia, a Profa. Beatriz Tess está pesquisando a proporção da população da cidade de São Paulo que já está imune contra o vírus da Covid-19. O projeto piloto, cujos resultados preliminares já foram divulgados, foi realizado em três bairros da zona sul onde houve uma grande incidência inicial da doença e três bairros com maior número de mortes por ocasião do planejamento. Acompanhe os resultado iniciais em https://saude.estadao.com.br/noticias/geral,estudo-inedito-detecta-anticorpos-ao-coronavirus-em-5-dos-moradores-da-cidade-de-sao-paulo,70003304706
  • Obstetrícia

    Uma pesquisa liderada pela Profa. Rossana Francisco e feita em conjunto com o Departamento de Pediatria, disciplina de Neonatologia, vai avaliar a eventual transmissão materno fetal do vírus. Veja os detalhes na entrevista da pesquisadora no link https://globoplay.globo.com/v/8545302/

  • Fonoaudiologia

    A Profa. Claudia Furquim de Andrade do Departamento de Fisio, Fono e TO, conduzirá pesquisa sobre a ineficiência da deglutição em pacientes internados na UTI dedicada à Covid-19 no HCFMUSP. O objetivo do estudo é determinar o perfil da deglutição e da mobilidade neuromotora protetiva pulmonar e acompanhar a evolução clínica dos pacientes com ineficiência nessas funções.
  • Neurologia

    O Prof. Ricardo Nitrini e seu grupo do Departamento de Neurologia estão conduzindo cinco pesquisas sob o tema “Estudo das manifestações neurológicas em pacientes com infecção pelo sars-cov-2- covid-19”, envolvendo estudos sobre a manifestação de encefalopatia e seus possíveis efeitos cognitivos, manifestações epiléticas, neurovasculares e neuromusculares.

Pesquisa sobre a COVID-19 a ser realizadas na Faculdade de Medicina já aprovadas na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa 

  • 01 - Avaliação da dinâmica de transmissão do novo coronavírus (SARS CoV-2) utilizando GPS. 
  • 02 - A diversidade genética do Coronavírus no Brasil.
  • 08 - Avaliação de impacto da epidemia de SARS-Cov-2 em serviços de saúde na cidade de São Paulo através de modelização matemática. 
  • 21 - Estudo Transversal dos efeitos da infecção pelo Covid-19 no sêmen humano. 
  • 22 - Desenvolvimento de vacina para SARS-Cov-2 utilizando VLPs. 
  • 24 - Estudo da prevalência de Coronavírus COVID-19 na população de doadores de sangue da Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo e desenvolvimento de Imunoterapia passiva através da transfusão de plasma de indivíduos convalescentes em pacientes com doença aguda grave. 
  • 33 - Estudo da COVID-19 fatal por meio de autópsia minimamente invasiva guiada por ultrassom. 
  • 52 - Ensaio clínico utilizando N-acetilcisteína para o tratamento de síndrome respiratória aguda grave em pacientes com Covid-19. 
  • 53 - Avaliação rápida de eficácia de inativação do vírus SAR-CoV-2 nos equipamentos de proteção individual dos profissionais de saúde. 
  • 66 - Estudo de coorte dos pacientes atendidos no Serviço de Emergência com diagnóstico de Covid-19. 
  • 75 - Avaliação por questionário das alterações de olfato e gustação em pacientes com teste de COVID-19 positivo. 
  • 77 - Estudo exploratório em gestações com SARS-CoV-2 positivo. 
  • 81 - Prevalência da Infecção COVID19 em uma coorte de risco. 
  • 88 - Impacto do uso de medicações antirretrovirais e da cloroquina sobre a ocorrência e gravidade de infecção pelo novo Coronavírus 2019 (SARS-CoV-2). 
  • 89 - Estudo diagnóstico e prognóstico de infecção por SARS-CoV-2 e influenza vírus. 
  • 91 -  Descrição clínica, de complicações e desfechos de casos do novo Coronavirus em Hospital Infantil Terciário da cidade de São Paulo, durante surto de 2020. 
  • 93 - Desenvolvimento de testes sorológicos para a detecção de anticorpos IgG anti-SARS-CoV2 (Covid 19): aplicação no diagnóstico da infecção e aplicação em estudos soroepidemiológicos. 
  • 111 -  Avaliação das características clínicas, angiográficas e prognóstico de pacientes com infarto agudo do miocárdio infectados pelo COVID-19 submetidos a cateterismo cardíaco. 
  • 126 - Investigação de anticorpos neutralizantes na infecção pelo SARS-CoV-2. 
  • 127 - Suscetibilidade genética a complicações associadas à infecção por SARS-CoV-2 em São Paulo. 
  • 128 - Diagnóstico da infecção pelo SARS-CoV2, em diferentes materiais biológicos, em pessoas infectadas por esse vírus. 
  • 157 - Saúde mental e Pandemia de SARS-CoV2: um estudo sobre ansiedade entre gestantes e profissionais que atuam em um serviço hospitalar de Obstetrícia. 
  • 181 - Opiniões dos estudantes de medicina sobre seu papel na pandemia do COVID-19. 
  • 194 -  Aplicação da inteligência artificial no diagnóstico por radiografia convencional e tomografia computadorizada do Covid-19. 
  • 198 - Efeito da posição prona em pacientes em ventilação espontânea como manejo de hipoxemia nos pacientes com suspeita de COVID-19  - Estudo retrospectivo. 
  • 200 - Avaliação das Características Clínicas, Laboratoriais e Prognóstico de Pacientes com Lesão Cardíaca Infectados pelo COVID-19 ou Cardiotoxicidade pelo Tratamento com Hidroxicloroquina ou Azitromicina: CORONAHEART Registry. 
  • 219 –  Psicoterapia no COMVC-19: um estudo computacional naturalístico. 
  • 305 - Oxigenação por membrana extracorpórea para a Doença Respiratória do novo coronavirus 2019 ECMOCARD STUDY 2019. 
  • 315 - Estudo de avaliação do status sorológico dos profissionais de saúde que trabalham em hospital terciário de ensino referência para com COVID-19 e hospital privado na cidade de São Paulo. 
  • 320 - Avaliação do uso de ivermectina associado a losartana para profilaxia de eventos graves em pacientes com doença oncológica ativa e diagnóstico recente de COVID-19. 
  • 341 - Suplementação com vitamina d em pacientes com covid-19: ensaio clínico, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo. 
  • 352 - Estudo multicêntrico sobre transmissão nosocomial do vírus 2019-CoV Projeto NOSO-COR. 
  • 357 - Monitoramento da saúde mental de crianças e adolescentes frente à pandemia COVID-19. 
  • 364 - Tratamento de pacientes com COVID-19 com transfusão de plasma convalescente: Estudo multicêntrico, aberto, randomizado e controlado. 
  • 382 - Tomografia de coerência óptica para avaliação de síndrome trombo-inflamatória obstrutiva dos vasos pulmonares microvasculares em pacientes com COVID-19: um estudo exploratório. 
  • 421 - Comportamento, ambiente e tratamentos para o novo coronavírus covid19 (beat19 brasil):registro de desfechos centrados no paciente com infecção ou suspeita de infecção do novo coronavírus SARS-COV-2/COVID19. 
  • 423 - Terapia antitrombótica para melhoria das complicações do COVID-19 (ATTACC).
  • 430 - Impacto do isolamento social na saúde física e psíquica de adolescentes com doenças crônicas pré-existentes durante o enfrentamento da COVID-19 e um ensaio clinico randomizado de um programa online de treinamento físico aeróbio. 
  • 434 - O Impacto Psicológico do COVID-19 em Pacientes com Transtornos de Ansiedade e Transtornos Relacionados. 
  • 438 - Um Estudo de Fase 1B, Duplo-cego, Controlado por Placebo, de Variação de Dose para Avaliar a Segurança, Farmacocinética, e Efeitos Anti-Virais de Galidesivir Administrado Via Infusão Intravenosa aos Participantes com Febre Amarela ou COVID-19. Protocolo BCX4430-108/DMID 18-0022. 
  • 444 - Validação clínica de respirador de propulsão mecânica para uso em pacientes do Hospital das Clínicas da FMUSP para posterior utilização nas UTI's de pacientes acometidos pela doença COVID-19, que necessitam de assistência respiratória mecânica.
  • 467 - Utilização da enoxaparina em dose anticoagulante em pacientes hospitalizados com síndrome respiratória aguda grave por COVID-19.
  • 474 - Saúde mental no período de pandemia do COVID-19.
  • 484 - Estudo Randomizado Duplo-cego de Ruxolitinibe em pacientes com Síndrome de Desconforto Respiratório Agudo por SARS-COV-2.
  • 501 - Estudo de fase III, randomizado, duplo-cego, multicêntrico para avaliar a eficácia e a segurança do remdesivir com tocilizumabe em comparação ao remdesivir com placebo em pacientes hospitalizados com pneumonia grave pela COVID-19. Protocolo Wa42511.
  • 502 - O uso do jogo digital MentalPlus para avaliação e reabilitação da função cognitiva após remissão dos sintomas da COVID-19.
  • 503 - Saúde mental de profissionais e resposta à crise do COVID-19 no HC-FMUSP: um estudo observacional e prospectivo.
  • 507 - A eficácia da heparina e do tocilizumabe na melhora clínica de pacientes com infecção grave pela COVID-19: um ensaio clínico multicêntrico randomizado (HEPMAB-COVID TRIAL).
  • 510 - ESTUDO CoV-Hep: Ensaio clínico randomizado e pareado comparando modalidades de anti-coagulação regional em hemodiálise veno-venosa continua em portadores de COVID-19.
  • 529 - Avaliação do uso de corticósteróide inalatório em pacientes com diagnóstico suspeito ou confirmado de COVID-19.
  • 547 - Resultados da cirurgia oncológica eletiva durante a crise pandémica CO VID-19: estudo coorte internacional, multicêntrico, observacional (CovidSurgCancer).
  • 560 - Avaliação dos parâmetros evolutivos da hemostasia na infecção por SARS-CoV -2 e estratégias de intervenção através de ensaio clínico adaptativo.
  • 562 - Desenvolvimento e validação de posicionadores corporais para pacientes com síndrome de insuficiência respiratória aguda grave. Resposta rápida à COVID-19.
  • 563 - Estudo retrospectivo multicêntrico de doença pelo coronavirus 2019 (COVID-2019) em receptores de transplante de órgãos sólidos. Spanish Network for Research in Infectious Disease (REIPI) e Group for the Study of Infection in Transplantation and the Immunocompromised Host (GESITRA-IC).
  • 565 - Ensaio Clínico Fase III duplo-cego, randomizado, controlado com placebo para Avaliação de Eficácia e Segurança em Profissionais da Saúde da Vacina adsorvida COVID-19 (inativada) produzida pela Sinovac.
  • 580 - Pediatric AirWay complicationS COVID-19 Brazil Registry Registro Brasileiro de Complicações em Vias Aéreas de Crianças com COVID-19.
  • 585 - Estudo de fase II, randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, multicêntrico para avaliar a segurança e a eficácia de mstt1041a ou uttr1147a em pacientes com pneumonia grave causada por COVID-19.
  • 603 - Uso de células-tronco mesenquimais no tratamento sintomático de pacientes infectados pelo SARS-CoV-2.
  • 609 - Aspectos psicológicos e uso de substâncias psicoativas nos alunos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo durante a pandemia pelo COVID-19.
  • 611 - Troca ou Manutenção dos inibidores do Sistema Renina-Angiotensina em pacientes infectados com COVID-19: estudo SWITCH-COVID randomizado e controlado para prova de conceito.
  • 618 - Ensaio SARS-COV2 do coronavírus com colchicina (colcorona).
  • 628 - Estudo de fase 2/3, randomizado, duplo-cego, controlado por placebo para avaliar a eficácia e a segurança de ABX464 no tratamento de inflamação e na prevenção de insuficiência respiratória aguda associada à COVID-19 em pacientes com - 65 anos de idade e em pacientes com - 18 anos de idade, com pelo menos um fator de risco adicional, que foram infectados por SARS-CoV-2.
  • 645 - Estudo adaptativo, multicêntrico, controlado e randomizado de fase 2/3 sobre a eficácia e segurança da Reparixina no tratamento de pacientes hospitalizados com pneumonia por COVID-19.
  • 646 - Um Protocolo Mestre para Avaliar a Segurança, Tolerabilidade e Eficácia de Anticorpos Monoclonais AntiSpike(s) para SARS-COV-2 para o Tratamento de Sujeitos Hospitalizados com COVID-19.
  • 647 - Um Protocolo Mestre para Avaliar a Segurança, Tolerabilidade e Eficácia de Anticorpos Monoclonais AntiSpike(s) para SARS-COV-2 para o Tratamento de Sujeitos Ambulatoriais com COVID-19.
  • 660 - Sevoflurano versus sedação intravenosa em pacientes com COVID-19: um ensaio clínico randomizado.
  • 676 - WASE COVID-19 - Aliança Mundial das Sociedades de Ecocardiografia - Protocolo de Estudo para a COVID -19 (WASE - World Alliance Societies of Echocardiography - COVID 19 Study Protocol).
  • 677 – Impacto da COVID-19 na cirurgia vascular.
  • 689 - Estudo de fase 2 a 3, randomizado, duplo-cego, multicêntrico e de desenho adaptativo para avaliar a segurança, eficácia, farmacocinética e farmacodinâmica do bio101 na prevenção da deterioração respiratória em pacientes hospitalizados por pneumonia relacionada à COVID-19, em estágio grave. Protocolo BIO101-CL05.

FAPESP: Projetos selecionados na chamada Suplementos de Rápida Implementação contra COVID-19

  • Docente responsável: Guilherme Vanoni Polanczyk - gvp@usp.br

     Processo FAPESP: 2016/22455-8

     Resumo das novas atividades do projeto ligadas à Covid-19: Monitorar a saúde mental de crianças e adolescentes expostos à pandemia COVID-19 e ao isolamento social ao longo de 12 meses e caracterizar fatores de risco (como afastamento dos pais, violência intrafamiliar, perda financeira, uso de substâncias, psicopatologia parental, perdas financeiras) bem como fatores protetores (contato social, flexibilidade cogntiva).

     Nome dos bolsistas atuando em projetos ligados à Covid-19 e sua função no projeto: Elizabeth Shephard, Daniel Graça Fatori de Sá

     Insumos adquiridos com recursos do projeto que estão sendo utilizados em atividades ligadas à Covid-19: Nenhum

     Equipamentos adquiridos com recursos do projeto que estão em uso em atividades ligadas à Covid-19: Nenhum

  • Docente responsável: Bruno Gualano - gualano@usp.br

     Processo FAPESP: 2017/13552-2

     Resumo das novas atividades do projeto ligadas à Covid-19: Estamos realizando coletas de nível de atividade física por acelometria em pacientes dos nossos estudos durante o isolamento social, para determinar o impacto do possível aumento da inatividade física em parâmetros clínicos e laboratoriais. Parte desses pacientes também estão engajados em um programa de promoção de atividade física, para avaliarmos seus efeitos na saúde. Além disso, temos três novos que pretendem avaliar: 1) se o nível de atividade física prediz o prognóstico da Covid-19; 2) se a suplementação de vitamina D3 (vs. placebo) é segura e eficaz no tratamento da Covid-19 (em parceria com Rosa M R Pereira e Elois Bonfá); e 3) qual o impacto do isolamento social sobre os hábitos alimentares em grupos de diferentes idades e estrato social.

     Nome dos bolsistas atuando em projetos ligados à Covid-19 e sua função no projeto: Karla Fabiana Goessler (PD), Bruna Caruso Mazzolani (DD), Fabiana Infante Smaira (DD), Ana Jéssica Pinto (DD) - Todas envolvidas em escrita dos projetos e documentos para o comitê de ética, coleta, análise e interpretação de dados de dados.

     Insumos adquiridos com recursos do projeto que estão sendo utilizados em atividades ligadas à Covid-19: Pretende-se adquirir suplementos de vitamina D3 (e placebo), kits para dosagem de vitamina D e outros marcadores laboratoriais, EPIs para os alunos e pesquisadores, etc.

     Equipamentos adquiridos com recursos do projeto que estão em uso em atividades ligadas à Covid-19: Foi adquirido um notebook para trabalho remoto. Pretende-se adquirir novos acelerômetros, para avaliação do nível de atividade física.Item 3

  • Docente responsável: Heraldo Possolo de Souzaheraldo.possolo@fm.usp.br

     Processo FAPESP: 2016/14566-4

     Resumo das novas atividades do projeto ligadas à Covid-19: O projeto temático inicial se refere a marcadores de gravidade em pacientes em serviço de emergência. Estamos usando a verba desse projeto para identificarmos marcadores de gravidade nos pacientes com covid atendidos no PSM HCFMUSP.

     Nome dos bolsistas atuando em projetos ligados à Covid-19 e sua função no projeto: Cauê Gasparotto - IC, Luz Marina Gomez – PD

     Insumos adquiridos com recursos do projeto que estão sendo utilizados em atividades ligadas à Covid-19: Kits de dosagem de marcadores inflamatórios, enfermeira de pesquisa, exames laboratoriais.

     Equipamentos adquiridos com recursos do projeto que estão em uso em atividades ligadas à Covid-19: Nenhum

  • Docente responsável: Jose Carlos Nicolau- jose.nicolau@fm.usp.br

     Processo FAPESP: 2014/01021-4

     Resumo das novas atividades do projeto ligadas à Covid-19: Avaliação de agregação plaquetária e coagulação em pacientes com COVID-19.

     Nome dos bolsistas atuando em projetos ligados à Covid-19 e sua função no projeto: Não haverá nenhum bolsista deslocado para atividades no projeto com COVID-19.

     Insumos adquiridos com recursos do projeto que estão sendo utilizados em atividades ligadas à Covid-19: Os insumos que serão utilizados no projeto COVID-19 foram obtidos por nova chamada FAPESP, não sendo necessário a utilização de recursos aprovados previamente e já destinados a outros projetos.

     Equipamentos adquiridos com recursos do projeto que estão em uso em atividades ligadas à Covid-19: UltraFreezer -70C (Thermo Fisher).

  • Docente responsável: Gustavo Cabral de Miranda

    Processo FAPESP: 2020/05146-7

    Desenvolvimento de vacina anti-SARS-CoV-2 utilizando VLPs

    Faculdade de Medicina - USP

  • Docente responsável: Jorge Elias Kalil Filho

    Processo FAPESP: 2020/05256-7

    Mapeamento de epítopos do vírus SARS-CoV-2 para linfócitos T e do receptor da proteína Spike para linfócitos B

    Faculdade de Medicina - USP

  • Docente responsável: Adriana Castello Costa Girardi

    Processo FAPESP: 2020/05338-3

    Modulação da ECA2 na hipertensão experimental e em resposta ao tratamento com iECA e BRA: potenciais implicações na gravidade e alvos terapêuticos da COVID-19

    Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FM-USP

  • Docente responsável: Rosa Maria Rodrigues Pereira

    Processo FAPESP: 2020/05752-4

    Suplementação com vitamina D em pacientes com COVID-19: ensaio clínico, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo

    Faculdade de Medicina da USP