Notícias

A opinião é de Gonzalo Vecina Neto, que complementa: “A questão é o momento que estamos passando. Pessoas estão morrendo por conta dessa pandemia e existe uma escassez de vacinas. Não há doses suficientes para cobrir toda a população”. A objeção é compartilhada por outros professores, que também se manifestaram sobre a proposta

A AstraZeneca declarou que não tem vacinas contra a covid-19 para fornecer à iniciativa privada. Em comunicado, disse que “no momento, todas as doses da vacina estão disponíveis por meio de acordos firmados com governos e organizações multilaterais ao redor do mundo, incluindo da Covax Facility, não sendo possível disponibilizar vacinas para o mercado privado”.

As clínicas, então, fecharam acordo com o laboratório indiano Bharat Biotech para a compra de cinco milhões de doses. Sobre isso, Vecina explica que não há nenhuma regra da Anvisa que proíba a compra de vacinas pelas clínicas privadas, sendo que muitas delas já vendem vacinas de todos os tipos.

Para o professor, “a questão é o momento que estamos passando. Pessoas estão morrendo por conta dessa pandemia e existe uma escassez de vacina, o que não acontece com as outras vacinas. Não há doses suficientes para cobrir toda a população”. 

Continue a leitura em: https://bit.ly/2MfyIYQ