Notícias

O XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica, Tórax 2021, reconhecido como maior evento da área na América Latina, ocorreu entre os dias 13 e 15 de maio deste ano, em formato virtual. A disciplina de Cirurgia Torácica, do Departamento de Cardiopneumologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), teve participação expressiva, com apresentação de diversos trabalhos e conquista de quatro prêmios. 

No evento, foram incluídos projetos de várias instituições universitárias e não universitárias de diversos lugares do Brasil e, pela primeira vez, a disciplina da USP apresentou 74% dos Temas Livres orais. Para o Prof. Paulo Manuel Pêgo Fernandes, do Departamento de Cardiopneumologia da FMUSP, “isso mostra que, neste ano, houve uma produção de muita qualidade, sendo aceita e reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica”.  O professor Ricardo Mingarini Terra, também do  Departamento de Cardiopneumologia da FMUSP, ressalta: “É o principal evento científico de cirurgia torácica da América Latina e onde são apresentados os principais trabalhos da nossa área”.

Na categoria Tema Livre, o trabalho “Comparação de custos da lobectomia pulmonar por videotoracoscopia e por cirurgia robótica” obteve a primeira colocação. O estudo, que foi solicitado pelo Ministério da Saúde, comparou as duas técnicas para avaliar a incorporação ou não de robôs capazes de realizar esse tipo de cirurgia no Sistema Único de Saúde. Utilizando pacientes de forma randomizada, foram feitos diversos acompanhamentos pós-operatórios. “Tirando o preço do investimento inicial do robô, não houve diferença de custo e, além disso, os doentes que foram operados por robótica tiveram menos reinternações”, explica o professor Paulo. 

Na categoria Pôster, mais uma primeira colocação para a disciplina, com um estudo sobre reconstrução 3D em tomografias de tórax no planejamento pré-operatório, uma técnica que pode auxiliar os cirurgiões a anteciparem diversas situações. Além disso, outros dois trabalhos obtiveram a terceira colocação no Congresso. 

Para o Prof. Paulo Pêgo Fernandes, isso significa a coroação de um trabalho bem-feito. “É um privilégio e uma honra que a disciplina torácica tenha atingido esse patamar, algo importante para a área e também para a faculdade”, comenta. O mesmo sentimento é ecoado pelo Prof. Ricardo Mingarini : “O Congresso teve participação muito ativa da disciplina de Cirurgia Torácica da USP, o que mostra nosso protagonismo no cenário científico da especialidade”. 



Prof. Dr. Paulo Manuel Pêgo Fernandes

Professor Titular do Departamento de Cardiopneumologia - Disciplina de Cirurgia Torácica

Prof. Dr. Ricardo Mingarini Terra

Professor Associado do Departamento de Cardiopneumologia - Disciplina de Cirurgia Torácica

Premiação Tórax 2021